12 de mar de 2009

Dicas de países: Chile, religião e costumes

NOCHE VALDIVIANA

En la ciudad de Valdivia todos los años se cierra el verano con la Noche Valdiviana. Al finalizar febrero, en una noche calurosa, sus habitantes crean un momento mágico, cuando cientos de teas (unas maderas impregnadas de resina prendidas fuego), flotan e iluminan el río. Es un espectáculo único, y después de ese instante todo se convierte en alegría y jolgorio. Las naves engalanadas desfilan por el plácido cauce que mece las embarcaciones. Y luego comienzan las explosiones de fuegos artificiales que forman diferentes figuras en el cielo.

Al parecer la tradición comenzó durante la conquista española cuando el virrey designó a su hijo como gobernador de Valdivia quien al ver tierras tan ricas decidió expropiarlas, desatando por supuesto la ira e indignación de todos los residentes. Pero un día el gobernador debió ausentarse para controlar una sublevación mapuche y al poco tiempo corrió el rumor de su muerte en batalla.


La población feliz por el suceso decidió celebrar en grande subiéndose a los botes y lanzando fardos de paja encendidos en una gran caravana por el río Calle Calle y vitoreando la muerte del antipático personaje.

A pesar de que en realidad el personaje no había muerto, y a su regreso a Valdivia castigó muy duramente a los culpables de aquel levantamiento, a partir de ahí los acontecimientos felices de Valdivia se celebran en su río y nace la tradición de la Noche Valdiviana, con su corso fluvial.

(Em português)
Noite Valdiviana
Na cidade de Valdivia todos os anos fecha o verão com a Noite Valdiviana. Quando finaliza fevereiro, numa noite quente, seus habitantes criam um momento mágico, quando centos de teas (umas maderas molhadas com resina encendidas) boiam e iluminam o rio. É um espetáculo único e depois desse instante tudo transforma-se em alegria e diversão. Os barcos enfeitados desfilam pelo tranquilo leito que balança as embarcações. Logo depois começam as explosões de fogos de artificios que desenham diversas figuras no ceu.
Parece que a tradição começou durante a conquista espanhola quando o vice rei designou seu filho como governador de Valdivia quem ao ver terras tão ricas decidiu expropiá-las, desencadenando é claro a ira e indignação de todos os residentes. Mas um dia o governador precisou se ausentar para controlar uma sublevação mapuche e em pouco tempo correu o rumor da sua morte em batalha.
A população feliz pelo sucedido decidiu celebrar em grande subindo-se aos barcos e lanzando fardos de palha acendidos em uma grande caravana pelo rio Calle Calle e aclamando a morte da antipática personagem.
A pesar de que na verdade a personagem não tinha morto e no seu regreso a Valdivia castigou muito duramente aos culpados daquele levantamento, a partir desse momento os acontecimentos felizes de Valdivia se celebram no seu rio e nasceu a tradição da Noite Valdiviana, com o seu desfile fluvial.


7 comentários:

  1. isso nao ajudou na minha pesquisa de trabalho escolar

    ResponderExcluir
  2. a minha pesquisa não pode ser completa pois as informaçoes não foram sufissiente para que a conclui-se!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Ah! isso não me ajudou em nada!

    ResponderExcluir
  4. o q vc escreveu nao me ajudou muito deveria colocar mais coisas para os leitores ,mas variedades ai ai sim ia ficar mais interessante!!!bjs ai vai minha dica!!!

    ResponderExcluir
  5. nao entendi nada!!!!!!!!!!!!!!11

    ResponderExcluir
  6. isso não me ajudou em nada, voce deveria escrever coisas interessantes para ajudar os leitores!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  7. desculpe mais isso nao me ajudou na minha pesquisa. :(

    ResponderExcluir