15 de dez de 2008

OS AMIGOS DE ESPANHOL POD FALAM SOBRE NÓS

Antes de continuar com o relato de minhas viagens queria recomendar algúns amigos que falam sobre nós em seus trabalhos. Agradecemos a eles que tão gentilmente nos recomendam e sugerimos que vocês visitem eles o antes possível.

Blog de dicas de espanhol
Se você quer aprender e aprimorar o Idioma Hispânico, dá uma passadinha aqui.

O saca rolha
Fotos, vídeos, filmes e downloads.

Guia de mulher
Aqui você encontra os principais sites femininos.

Outerspace

Conteúdo universal
Site da Igreja Universal do Reino de Deus.

Danilo Franca
Noticias relacionadas a desenvolvimento, design, tecnologia em geral.

Pop candy (Mariana Frioli)
Formada em Criação e Desenvolvimento de Websites.

IMEViolão
Um espaço de co-relação cultural entre cidades baianas e outras da América do Sul.

Todos estes sites são de conteúdo excelente e recomendamos eles.

Visite tambêm Espanhol Pod. Iterario.

13 de dez de 2008

ESPANHOL POD: APRENDA ESPANHOL EM BUENOS AIRES

ESPANHOL POD: APRENDA ESPANHOL EM BUENOS AIRES

VIAGEM PELA AMÉRICA DO SUL - BOLÍVIA

15 de maio: Acordamos cedo e pegamos um bus com destino a La Paz. O ônibus não tinha nem banheiro dentro, mas a viagem foi divertida. Tudo foi por rotas de terra, porque na Bolívia não tem estradas. Foi desesperante!!! Passamos por uns precipícios que não quero nem lembrar, por rotas de terra. Tudo é muito árido e as alturas incríveis. Mas foi lindo experimentar tudo isso. Passamos por Potosí. Não fomos para o Salar de Uyuni porque não era a caminho e dada a falta de dinheiro não queríamos arriscar muito.

16 de maio: Chegamos de madrugada a La Paz e rentamos um hotel que mais que hotel era um muquifo. Em um bairro horrível chamado comercial, mas de comercial era só um monte de bolivianos nas calçadas vendendo seus produtos desde o chão. Tudo é muito simples mas tem algumas partes de La Paz que são pictóricas, sem deixar de ser antigo. Descansamos no hotel/muquifo e depois saimos a percorrer a cidade. Fomos para o Paseo del Prado, que é como o centro financieiro da cidade, mas não é grande coisa. Tudo é informal, nem sequer tem quiosques, padarias, supermercados, shoppings, lojas, comercios, nem restaurantes (exeto para estrangeiros que estão em dólares e é impossível para nós). Tudo o que você quer está na rua. Por isso tudo é muito desorganizado, as calçadas estão cheias e até as ruas. As pessoas andam sozinhas pelas ruas com os carros passando por perto. Mas tem locais bonitos para visitar.

BITÁCORA DA VIAGEM PELA AMÉRICA DO SUL II

12 de Mayo: Bom, agora estamos em Salta e vamos ficar aqui para trabalhar e conseguir algúm dinheirinho. Por enquanto estamos aclimatándo-nos, mas em 3 dias com certeza estaremos trabalhando. Estamos em um Hostal para estrangeiros, durmindo com 8 pessoas, mas é legal, porque cada um fala em diversos idiomas. Estou praticando várias línguas ao mesmo tempo.

13 de Mayo: Finalmente decidimos não ficar em Salta porque nos falaram que mais para o norte é mais barato e além disso decidimos acompanhar algúns estrangeiros européus para dividir gastos. É claro, para nós é vantagem porque eles tem euros. Saimos de Salta às 10.30 da manhã com um rapaz inglês de 19 anos que não fala espanhol mas sim português (fanático do Brasil). Fomos para Tilcara, na província de Jujuy, no norte argentino. Para falar a verdade Jujuy não é muito linda, mas Tilcara tem algúns atrativos que não tínhamos experimentado antes. Chegamos pela noite, portanto somente fomos para uma hospedagem, e como estava fazendo muito frío, jogamos baralho e durmimos cedo.

14 de Mayo: Acordamos cedo, tomamos café da manhã, carregamos uma mochila com comida e fomos para uma região a 6 km da cidade de Tilcara, atravesando montanhas e vales com a idéia de chegar à "garganta do diabo". Wow!!! Fantástico!! Subimos e subimos em torno de 2 horas por lugares agrestes de pedra. De repente começou a nevar, tínhamos frío, mas não perdiamos essa paissagem por nada deste mundo. Caminhávamos no meio de cactos e mato secos até que chegamos ao vale. A garganta era um buraco enorme com uma cascata muito grande. Alredor da cascata tudo era vegetação. Mas uns metros em torno dela todo era seco. Depois descimos e quando chegamos à hospedagem nos preparamos para continuar a viagem. Pegamos um ônibus e fomos para La Quiaca. Não ficamos lá, continuamos até Villazón, do outro lado da fronteira com a Bolívia. Então agora estamos entre os bolivianos (não é nada bonito o local, mas tratam bem os estrangeiros). Comimos pizzas, batatas fritas e refrigerantes por 1 dolar cada um e nos hospedamos em uma pousada por 2 dólares cada um. Bom, agora vamos dormir.

5 de dez de 2008

BITÁCORA DA VIAGEM PELA AMÉRICA DO SUL

Wed, 19 May 2004 22:05:14
Oi, como vocês estão? Tomara que bem. Nós estamos bem.


7 de maio: Saimos de Buenos Aires com destino ao noroeste argentino.

8 de maio: Chegamos no sábado a Tucumán e logo pegamos o ônibus para Tafi del Valle. Chegamos de noite e estava fazendo muito frío. Fomos para o camping e quase morremos de frío, mas durmimos abrazados e não o sentimos muito.

9 de maio: No outro día levantamos e ficamos surpresos: a paissagem ao nosso redor era fantástica e pela noite, na escuridão não a percebiamos. Estávamos rodeados de inmensas montanhas de todas as cores. Claro, era um vale, mas de noite não tínhamos visto elas. Tinha um lago maravilhoso. Depois recorremos o povoado. Está atrassado no tempo, mas tudo muito bonito e arrumado. Tinha artesanias mas de uma qualidade superior que dava vontade de comprá-las. Realmente em baires não tem igual. De tarde tentamos pegar carona, mas a estrada era pouco transitada e decidimos pegar um ônibus. Queríamos ir a Cafayate, mas já não tinha passagens então fomos para um povoado muito próximo: Amaicha del valle.

10 de maio: Passamos a noite e no dia seguinte continuamos a viagem para Cafayate. Era um bonito povoado, centro vitivinícola, bebimos uns vinhos e percorrimos o vale que era fantástico. Antes de chegar a Cafayate o ônibus desviou-se e fomos por Catamarca: É muito bonita Catamarca!!! É muito árida e seca mas os vales calchaquies valen a pena percorré-los. Tinha um cartaz que dizia: 360 dias ao ano tem sol em Catamarca. Uma vez em cafayate, andamos de bicicleta, fizemos amizade com artesãos, passamos a noite e no dia seguinte cedo fomos para Salta.

11 de maio: Chegamos ao meio dia e ficamos de boca aberta: Salta é belíssima! Por algo dizem que é chamada "Salta la linda". É enorme, antiga e moderna ao mesmo tempo, com muita vida e cheia de estrangeiros do mundo todo, que incluso ficam para morar algúns anos por que adoram esse lugar. As pessoas são lindíssimas, se vestem muito bem e estão nas ruas o tiempo todo: comprando, gastando, vendendo, etc. É muito avanzada. Tem uns monumentos fantásticos como nunca vi igual. Não consumen produtos estrangeiros, por exemplo, não tem Mc Donald nem bancos estrangeiros, mas a cidade parece ter uma autosuficiência incrível. Tudo o que produzem e consumem é de boa qualidade. O mais importante, é baratíssima. Incluso produtos que tambêm são consumidos em baires estão a metade do preço. Nem falar das empanadas, que são vendidas a $2 a dúzia e são gostosas.

Veja mais em:
Espanhol Pod, curso de espanhol on line com mp3, para ouvir, falar, ler e escrever.